• Artigos: 0
  • Total: 0,00 €

Ampliar a imagem


Toca (A)

Franz Kafka

Editor: Lxxl

Ano de edição: 2009

Tipo de artigo: Livro

ISBN: 9789728615086

C.I.: 00000227151

Encadernação: Brochado

Disponível entre 3 a 5 semanas (Sujeito a confirmação)

Preço: 9,00 €

adicionar ao cesto

Comente este livro

Adicione à sua Lista de LeituraAdicione à sua Lista de Leitura

 Partilhar: 

O livro por dentro

contra capa

Sobre o Autor

Escritor checo, Franz Kafka, de ascendência judaica e de expressão alemã, nasceu em 1883, em Praga, e morreu em 1924, em Kierling (Viena). Estudou Direito durante alguns anos, mas em 1917 contraiu a doença que constituía, naquela época, o flagelo da humanidade - a tuberculose -, que o acompanhou sempre durante o resto da sua curta existência. A sua obra literária é preenchida essencialmente por romances e contos. Como contista, Kafka aproxima-se do Expressionismo, sem que, contudo, possa ou deva ser enquadrado em qualquer movimento literário. O cunho do seu "mundo" é o homem angustiado, obrigado a viver uma vida absurda, paradoxal, o homem solitário moderno, na sua angústia constante e sem remédio. Situações e cenas ambíguas e grotescas transformam-se em representações de sonho e de visão, que fazem lembrar o Surrealismo, que Kafka grandemente influenciou. A profundidade e a riqueza das suas parábolas, dos seus símbolos e dos seus motivos têm provocado, todavia, múltiplas e diferentes apreciações respeitantes ao valor real da sua obra. No entanto, F. Kafka é geralmente considerado como o renovador do género épico-narrativo contemporâneo de repercussão universal. Grande parte da obra literária de F. Kafka foi publicada depois da sua morte, o que não obstou a que ela viesse influenciar, de modo notável, toda a literatura moderna que lhe sucedeu. Em vida do autor foram publicados os contos: Reflexão (1913); O Fogueiro (1913); América, 1.° capítulo (1913); A Metamorfose (1916); A Sentença (1916); Na Colónia Penitenciária (1919); Médico de Aldeia (1919); Jejuador (1924, ano da sua morte). Depois da morte do escritor, e graças à dedicação e ao interesse de um seu amigo, o romancista checo Max Brod (1884-1968), foram publicados os romances Processo (1925); O Castelo (1926); e América (1927); e o conto Na Construção da Muralha da China (1931). Da obra literária de Franz Kafka ainda fazem parte um Diário íntimo e a Carta ao Pai, que constituem documentos de importância fundamental para o mundo literário do século XX.

Autores no mesmo tema

Colecções sobre o mesmo tema

Últimos artigos visualizados