• Artigos: 0
  • Total: 0,00 €

Ampliar a imagem


Pajem Não Se Cala (O)

António Torrado 

Colecção: Biblioteca António Torrado

Ilustrador: Peixoto, Sebastião

Editor: Asa

Ano de edição: 2017

Tipo de artigo: Livro

ISBN: 9789892339771

C.I.: 00000289336

Número de páginas: 72

Local edição: Lisboa

Idioma: Português

Encadernação: Cartonado

Obs: P.N.L. - 6º ANO

Em stock, enviamos para o correio, até 24 horas.
(Salvo ruptura de stock)

Preço: 9,90 €

adicionar ao cesto

Comente este livro

Adicione à sua Lista de LeituraAdicione à sua Lista de Leitura

 Partilhar: 

Sinopse

Plano Nacional de Leitura
Livro recomendado para o 6º ano de escolaridade, destinado a leitura autónoma.

Esta história recupera um conto de Hans Christian Andersen sobejamente conhecido por crianças e adultos, aquele em que um rei vaidoso, enganado por dois alfaiates aldrabões, desfila em pelote diante do povo, até que um menino grita: O rei vai nu! O que Andersen não contou nem imaginou foi o que se passou a seguir.

É que o menino nunca mais se calou, e o que ele disse e fez é agora trazido a público, por António Torrado, no seu habitual tom criativo e divertido.

Sobre o Autor

António Torrado nasceu em Lisboa em 1939. Licenciou-se em Filosofia pela Universidade de Coimbra. Dedicou-se à escrita desde muuito novo, tendo começado a publicar aos 18 anos. A sua actividade profissional é diversa: escritor, pedagogo, jornalista, e ditor, produtor e argumentista para televisão. Tem trabalhado em parceria com Maria Alberta Menéres em diversos livros e programas de televisão.
Actualmente, é Coordenador do Curso Anual de Expressão Poética e Narrativa no Centro de Arte Infantil da Fundação Calouste Gulbenkian. É o professor responsável pela disciplina de Escrita Dramatúrgica na Escola Superior de Teatro e Cinema. É dramaturgo residente na Companhia de Teatro Comuna em Lisboa.
Sendo consensualmente considerado um dos autores mais importantes na literatura infantil portuguesa, possui uma obra bastante extensa e diversificada, que integra textos de raiz popular e tradicional, mas também poesia e sobretudo contos. Reconhece a importância fundamental da literatura infantil enquanto veículo de mensagens, elegendo como valores a promover a liberdade de expressão e o respeito pela diferença.

Últimos artigos visualizados