• Artigos: 0
  • Total: 0,00 €

Ampliar a imagem


Oblívio

Daniel Jonas 

Colecção: Poesia Inédita Portuguesa

Editor: Assírio & Alvim

Ano de edição: 2017

Tipo de artigo: Livro

ISBN: 9789723719833

C.I.: 00000289699

Número de páginas: 60

Local edição: Porto

Idioma: Português

Encadernação: Brochado

Em stock, enviamos para o correio, até 24 horas.
(Salvo ruptura de stock)

Preço: 12,20 €

adicionar ao cesto

Comente este livro

Adicione à sua Lista de LeituraAdicione à sua Lista de Leitura

 Partilhar: 

O livro por dentro

contra capa

Sinopse

Neste seu mais recente livro de poesia Daniel Jonas regressa ao soneto, num livro desconcertante e surpreendente.
Como nos diz o poeta, «Assim no meu soneto aqui gravei / Quem não sou nem fui e menos serei.»

Jamais tive eu amor senão por ti.
Paixões o vento as trouxe e as levou
Qual ave migratória que pousou
Em temporário ninho onde vivi.
Amor, porém, é ave que povoa
O coração da gente e nele exulta
E ocupa de outra ave mais estulta
O coração partido e o perdoa.
Mas que fazer, se amor o dei ao vento
E sinto o coração ninho vazio
E sinto um grão calor e grande frio
E amo em oração no meu convento?
Eu amo quem amei e me deixou;
Não amo quem pousou — só quem voou.

Sobre o Autor

Daniel Jonas nasceu no Porto, em 1973. É Mestre em Teoria da Literatura pela Universidade de Lisboa com uma dissertação sobre o poeta inglês John Milton, de que resultou a tradução de Paraíso Perdido (Cotovia, 2006). Publicou quatro livros de poemas, entre os quais Os Fantasmas Inquilinos e Sonótono (Cotovia, 2005 e 2006). Traduziu Um Punhado de Pó, de Evelyn Waugh, e Seis Personagens à Procura de um Autor, de Luigi Pirandello. Prepara actualmente a tradução de À Rebours, de Joris-Karl Huysmans, e uma selecção e tradução de poemas de William Wordsworth. Nenhures é a sua estreia na escrita para teatro.
Últimos artigos visualizados