• Artigos: 0
  • Total: 0,00 €

Ampliar a imagem


Enigma

Jan Morris 

Editor: Tinta da China

Ano de edição: 2017

Tipo de artigo: Livro

ISBN: 9789896713829

C.I.: 00000288890

Número de páginas: 220

Edição: 1

Local edição: Lisboa

Idioma: Português

Tradutor: Faria, Paulo

Encadernação: Brochado

Disponível entre 2 a 10 dias úteis (Sujeito a confirmação)

Preço: 16,90 €

adicionar ao cesto

Comente este livro

Adicione à sua Lista de LeituraAdicione à sua Lista de Leitura

 Partilhar: 

O livro por dentro

contra capa

Sobre o Autor

Jan Morris recebeu ao nascer, em 1926, na pequena cidade inglesa de Clevedon, o nome de James Humphrey Morris. Apesar da identidade masculina, percebeu «aos três, talvez quatro anos», que tinha nascido «no corpo errado».

Estudou história em Oxford e aos 17 anos ingressou, como voluntário, no Exército inglês. Mais tarde foi integrado no 9.º Regimento de Lanceiros, célebre pelo seu carácter de clube selecto entre a elite militar britânica.

Foi como oficial do Exército que conheceu Veneza, imediatamente após a vitória dos Aliados na Segunda Guerra Mundial.

Depois de deixar a vida militar integrou a redacção do jornal The Times. Nessas funções, acompanhou a primeira expedição britânica a alcançar o topo do Evereste, em 1953. Mais tarde, Jan Morris diria que a experiência enquanto jornalista «arruinou para sempre» qualquer possibilidade de vir a escrever ficção. Apesar disso, publicou dois romances e uma colectânea de contos.

Publicou o primeiro livro, na sequência de uma visita aos Estados Unidos da América, em 1956. Daí em diante, escreveu relatos de viagens, livros de história e ensaios.

No início dos anos 60 iniciou um tratamento hormonal, num longo período de transição do sexo masculino para o sexo feminino. Essa transição seria concluída em 1972, com uma operação cirúrgica, em Marrocos. A partir de então, James Morris passou a usar o nome de Jan Morris. Continuou, no entanto, a viver na companhia de Elizabeth Tuckiness, com quem se tinha casado em 1949 e de quem teve cinco filhos.

Filha de pai galês e de mãe inglesa, Morris vive no País de Gales, sendo adepta do nacionalismo republicano galês. Foi distinguida com o doutoramento honoris causa por duas universidades galesas, a de Gales e a de Glamorgan.

Em 2008, o jornal The Times incluiu-a entre os 15 maiores escritores britânicos do pós-guerra.

Últimos artigos visualizados